Cinco dicas para praticar caminhada esportiva no inverno

Colocar um comentário

No inverno, não deixe que o frio e vento impeçam você de praticar seu treino de caminhada esportiva ! Equipe-se dos pés à cabeça para driblar a sensação de frio e adapte a sua velocidade de caminhada. Veja os nossos cinco conselhos para manter a motivação durante as suas sessões de inverno!

1 - O sistema de “3 camadas” do praticante de caminhada rápida no inverno

Você é uma pessoa friorenta e o inverno consegue esfriar a sua motivação esportiva?

A solução está em vestir 3 camadas de peças de roupa, uma sobre a outra. As sucessivas camadas de isolamento protegem você do frio e permitem ajustar a sua proteção térmica ao longo do esforço. Durante a fase de arranque o corpo ainda estará frio e logo se aquecerá com o esforço, transpirando após alguns quilômetros de caminhada ativa. Por isso é importante que você possa retirar as camadas de proteção térmica em função das suas necessidades.

O sistema de “3 camadas” é recomendado por Emmanuel Lassalle, praticante de caminhada de grandes distâncias, que passa longas horas treinando em todas as condições climáticas:

“Na parte de baixo, uso uma camiseta como ‘primeira camada’ para manter o calor. Por cima, visto uma camiseta de manga comprida com fecho éclair que me isola do frio. Por último, uso ainda um casaco impermeável e respirável para me proteger do vento e das intempéries.”

Importante: evite roupas em algodão, que ficam molhadas com o suor, e opte por peças em tecido respirável. Para retirar facilmente as suas camadas ao longo do esforço, prefira roupas com fecho éclair!

As pernas ficam protegidas no inverno

O uso de calças esportivas justas é indispensável para quem pratica caminhada no inverno. Quando as temperaturas estão baixas, os seus músculos ficam mais rígidos aumentando os riscos de lesões.

O uso de calças justas e géis de aquecimento permite conservar o calor gerado logo no aquecimento.

Proteger sempre bem as extremidades do frio

Emmanuel Lassalle também privilegia a proteção das extremidades do corpo: “Nunca saio sem o gorro, as luvas e meias esportivas para proteger os pés. É por essas extremidades que o frio penetra, além de que 60% do calor corporal é eliminado pela cabeça!”

E para o pescoço? “Uma gola polar com ventilações e levantada até ao nariz!”

A importância da alimentação durante a caminhada ativa com tempo frio

Praticar caminhada esportiva no inverno acarreta um maior consumo de calorias, uma vez que o corpo exige mais energia para se aquecer. Sendo assim, evite sair em jejum e leve uma barra energética ou frutas secas no bolso.

Além disso, não se esqueça da sua garrafa d’água, porque, ao contrário do que pensamos, o frio acelera a desidratação!

Beba água ou uma bebida energética em pequenas quantidades de 15 em 15 minutos. Se você quiser, opte por uma bebida quente caso queira combater o frio e preservar um estômago frágil.

Uma velocidade de caminhada esportiva adaptada ao terreno

Caso você pratique em terrenos com neve ou gelo, use calçado de caminhada rápida que oferece uma boa tração e aderência. Caminhe a uma velocidade inferior à habitual para garantir apoios seguros e evitar escorregar.

“Pratique num percurso conhecido ou seguro”, acrescenta Emmanuel, “a neve costuma nivelar superficialmente o solo e esconder buracos...”

E se as condições climáticas dificultarem a visibilidade, leve uma lanterna frontal e um colete fluorescente para ver e ser visto com toda a segurança.

Caminhar no frio será um prazer se você adotar estas cinco dicas essenciais!

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
Deixar a opinião
Calçado

Esportes mercado é um esporte que não exige um investimento enorme: um bom par de sapatos é essencial para aproveitar ao máximo suas habilidades e ter prazer de andar. 

(2)
HAUT DE PAGE